O que é interjeição, quais são seus tipos e como usá-las?

389
Postado: 30 de novembro, 2021 - Atualizado: 7 de dezembro, 2021
interjeição

O estudo da gramática é fundamental para entendermos padrões de escrita e de fala da língua de determinado país. É fundamental dar início a esse aprendizado com o entendimento das diversas classes gramaticais da língua portuguesa e suas peculiaridades. São elas: substantivo, verbo, adjetivo, artigo, pronome, numeral, preposição, advérbio, conjunção,e interjeição.

E, embora as classes gramaticais não sejam cobradas diretamente como temas de redação, elas são importantíssimas para auxiliar na escrita e no entendimento de diversos textos. Ou seja, sabendo a definição de cada uma e como usá-las, você terá uma chance maior de mandar bem em qualquer redação!

interjeição

E neste artigo, vamos te explicar especificamente sobre a interjeição, o que é, quais são seus tipos e como usá-la em seus textos. Bora lá?

O que é interjeição?

As interjeições são palavras autônomas, ou seja, elas independem de qualquer outra palavra do discurso e servem para expressar sentimentos e emoções do emissor do discurso. Logo, elas representam um recurso da linguagem afetiva.

Alguns exemplos são: Ah!, Hem?, Nossa!, Ué!, Viva!, Droga!, Até logo! etc.

Elas expressam estados de espírito, sensações, emoções e, quase sempre, estão acompanhadas de um sinal de exclamação (!). Isso porque, normalmente, as interjeições são palavras exclamativas. Mas pode haver casos em que elas são exclamativas e interrogativas ao mesmo tempo, isso vai depender da emoção expressada. 

Elas também são palavras invariáveis, isso significa que não sofrem alteração em gênero, número e grau. Ou seja, como mencionamos acima, elas não dependem de nenhuma outra palavra, isso quer dizer que, por mais que todo o discurso mude seu tempo verbal ou todas as palavras singulares sejam passadas para o plural, por exemplo, as interjeições não irão sofrer alterações.

Mas e o que as interjeições significam de fato? Bom, as interjeições não possuem um significado universal, elas dependem do contexto em que estão inseridas para terem relação de sentido. Veja quais são os tipos de interjeição!

Tipos de interjeição

Apesar de, como citamos anteriormente, as interjeições não possuírem significados e classificações determinantes, pois variam conforme o contexto em que estão inseridas, podemos classificá-las de uma forma geral como:

    • alegria: ah!, oh!, oba!, viva!, aleluia!, eita!, eia!, uhu!, que bom!;
    • despedida: adeus!, até logo!, tchau!, até amanhã!;
    • medo: ui!, credo!, cruzes!, barbaridade!, socorro!;
    • silêncio: psiu!, silêncio!, shh!, chega!, calado!, quieto!, bico fechado!;
    • dor: ai!, ui!, que pena!, ai de mim!;
    • ânimo: coragem!, avante!, vamos!, força!, firme!;
    • satisfação:  viva!, oba!, boa!, bem!, bom!, upa!, ah!;
    • chamamento: alô!, olá!, hei!, psiu!, ô!, oi!, psiu!, psit!, ó!;
    • desculpa: perdão!, opa!, desculpa!, desculpe!, foi mal!;
    • dúvida: hum?, hem?, hã?, ué!, epa!;
    • apelo: socorro!, ei!, ô!, oh!, alô!, psiu!, olá!, eh!, psit!, ,misericórdia!.

Essas são alguns tipos de interjeições. Agora veja alguns exemplos de como elas podem ser usadas em frases e como são classificadas!

Como utilizar as interjeições e classificá-las

Em um primeiro momento, vamos demonstrar como uma mesma interjeição pode ser utilizada em diversos contextos diferentes, e portanto, possuir distintas classificações. Confere aí!

Interjeição: Ah!

  • Ah! Minha amiga veio! – Alegria;
  • Ah! Que coisa maravilhosa! – Admiração;
  • Ah, tirei uma nota muito baixa na prova – Desapontamento;
  • Ah! Machuquei minha perna… – Dor;
  • Ah! Então era você o dono do gato que estava sendo maltratado? – Reprovação.

Outros exemplos de frases que possuem interjeições:

  • Ah, como eu queria voltar a ser criança!
  • Oh! Que surpresa desagradável!
  • Hum! Esse pudim estava maravilhoso!
  • Psiu! Eu estou aqui! 
  • Caramba! Essa história é muito confusa.
  • Alô! Tem alguém aí? 
  • Puxa! Que bom que você veio.
  • Oh! Que susto! 
  • Ufa! Ainda bem que eu já passei de ano. 
  • Eu não te quero aqui, cai fora
  • Você está muito distraído, atenção

Locução interjetiva

As locuções interjetivas não são muito diferentes das próprias interjeições, o que muda é que elas são formadas por mais de uma palavra

Logo, se a interjeição expressa uma emoção, as locuções interjetivas realizam a mesma função, só que utilizando duas ou mais palavras, ao invés de apenas uma. 

Veja alguns exemplos: 

  • Puxa vida!
  • Cruz Credo!
  • Quem me dera!
  • Ora bolas! 
  • Meu Deus! 
  • Valha-me Deus!
  • Minha nossa!
  • Virgem Maria!
  • Ô de casa!
  • Alto lá!

E aí, curtiu saber um pouco mais sobre as interjeições e locuções interjetivas? Para dar continuidade aos seus estudos, acesse o nosso próximo artigo do blog sobre o tema como iniciar uma redação independente do tema!