Doenças mais marcantes na História

Confira as doenças que mais deram dor de cabeça para homens e mulheres de suas épocas!

208
doenças na história

Diversas doenças já abalaram a história mundial. Algumas não se apresentaram apenas como plano de fundo de períodos históricos, mas sim influenciaram decisivamente o rumo dos acontecimentos e políticas públicas. Por isso, vamos relembrar as doenças na história que foram mais marcantes.

  • Cólera

Conhecida desde a Antiguidade, em que já fazia suas vítimas principalmente no Mediterrâneo, a Cólera no século XIX vai atingir status de epidemia mundial. Por ser transmitida por meio de alimentos e bebidas contaminadas, o mundo pré-revolução sanitarista conviveu cotidianamente com essa doença. Hoje, é ratada com antibióticos e existe vacina.

  • Peste Negra

Sendo a principal causa da crise do sistema feudal no século XIV, a Peste Negra foi responsável pela extinção de quase um terço da população europeia. Alguns dados chegam a apontar para 50 milhões de vítimas. É transmitida pela mordida da pulga do rato e, devido a isso, encontrou nas precárias cidades medievais um espaço perfeito para disseminação.

doenças na história

  • Gripe Espanhola

Conhecida por esse nome não porque surgiu na Espanha, porém, durante a Primeira Guerra Mundial, a Espanha foi a primeira a comunicar a comunidade internacional que estava sofrendo com uma epidemia de gripe. Diversos outros países também estavam, mas evitavam comunicar ao mundo por receio de ser algo a ser aproveitado por inimigos em meio a uma guerra. No Brasil, a doença chegou a inclusive vitimizar o presidente do Brasil, Rodrigues Alves. Inclusive, a Gripe Espanhola tira o sono de cientistas até hoje, pois a não existe prevenção específica a ela (apenas à gripe). Estima-se que no início do século XX, chegou a contaminar 50% da população mundial.

  • AIDS

Identificada na década de 1980 nos EUA, a AIDS foi muito estigmatizada como “doença dos gays”, pois os casos mais recorrentes da transmissão eram frutos de relações homossexuais. No entanto, com o tempo, a doença começa a ser escancarada em vítimas heterossexuais e devido ao preconceito, começou a ser mais pesquisada a partir de então. A AIDS foi uma das doenças que mais alarmou a população mundial. A conscientização a respeito do uso da camisinha nas décadas seguintes ganhou muita força. O mês de dezembro é o de combate à AIDS, para saber mais, confira nossa matéria sobre essa doença clicando aqui!

  • Varíola

A varíola foi uma das doenças que contribui para a extinção das populações nativas na América. Por mais que tenha sido disseminada inicialmente inesperadamente, após algum tempo, os europeus a utilizaram como mecanismo de guerra biológica na conquista do território. Foi a primeira doença a ser combatida por vacina, utilizando-se de ferida da vaca (daí o nome “vacina”).

  • Tuberculose

Uma das doenças que mais fez vítimas na história ocidental. Estima-se que cerca de 1 bilhão de pessoas já morreram decorrente da Tuberculose. Cura-se com antibióticos, porém sua transmissão pelo ar é o que faz a contaminação ser alta.

  • Febre Amarela

Transmitida pela picada do mosquito, a Febre Amarela durante os anos iniciais da República brasileira alarmou as autoridades públicas e foi uma das motivadoras pela implementação das reformas sanitaristas na cidade do Rio de Janeiro em prol da vacinação. No entanto, como não havia qualquer política propagandística de conscientização pública que explicasse a importância da vacina, os populares moradores de cortiços se revoltaram contra a obrigatoriedade da vacinação que impunha invasões às residências. A Revolta da Vacina, assim conhecida, gerou um cenário de guerra civil na capital da época.

Diversas outras doenças na história abalaram o mundo, algumas tirando o sono de pesquisadores até hoje. Alguns outros exemplos são sarampo, tifo, poliomelite, entre outras. O Brasil é um país referência em alguns critérios de pesquisa no combate a diversas doenças. Além disso, vale sempre a pena reforçar a importância da vacina!

Continua acompanhando nossas dicas, clicando aqui!