Atualidades e Biologia para vestibular

Saiba quais atualidades relacionadas com Biologia podem cair nos vestibulares de 2019.

484
Biologia

A maioria dos vestibulares tende a focar em eventos que ocorreram ao longo do ano e transforma-los em questões ou temas de redação, como o ENEM por exemplo. Por esse motivo, estar atento aos assuntos mais debatidos do ano ou acontecimentos importantes é necessário. Sendo assim, preparamos uma lista de algumas atualidades ligadas a Biologia que podem ser cobradas nos vestibulares de 2019. 

1. A Tragédia de Brumadinho

Semelhante ao que ocorreu em Mariana (MG) em 2015, nesse ano tivemos o rompimento da barragem da mineradora Vale no município de Brumadinho, também em Minas Gerais na região do Córrego do Feijão, que deixou mais de 300 vítimas (contando com mortos) e um grande rastro de lama. Além de ter afetado também o Rio Paraopeba. 

Como isso pode ser cobrado? Simples! Vestibulares (principalmente o ENEM) adoram abordar temas como impactos ambientais e elaboram questões voltadas para as consequências daquele desastre. As consequências variam muito entre discussões sobre aumento de doenças, proliferação de pragas ou mosquitos, perda de biodiversidade (pelo sumiço de uma espécie ou aumento de outra). Além disso, podem focar em conceitos básicos de Ecologia, como por exemplo: como esse desastre pode afetar uma cadeia alimentar? Como ele pode interferir no ecossistema daquele local? 

2. Mudanças Climáticas e Aquecimento Global

Esse ano umas das pautas mais mencionadas foram justamente as mudanças climáticas e o aquecimento global. São dois conceitos que também têm uma grande abordagem na Geografia (ainda mais falando sobre Acordo de Paris, Protocolo de Quioto, entre outros tópicos). Sabe-se que a cada ano que passa, as ações antrópicas agravam o aquecimento global e aumentam as mudanças climáticas, tornando o planeta cada vez mais quente.

Como isso pode ser cobrado? As causas, o que é, as consequências, enfim. Por isso é bom dar uma relembrada: 

Importante começar introduzindo o efeito estufa, que muitos erroneamente consideram como o vilão, quando na verdade, era pra ser o herói. O efeito estufa nada mais é do que um fenômeno natural decorrente da relação entre luz solar, superfície do planeta e os gases que formam a atmosfera terrestre. Ou seja, consiste na retenção de parte de raios solares, enquanto a outra parte atinge a superfície e a aquece. Sendo assim, é um fenômeno que possibilita que a Terra seja um local com uma temperatura ideal, possibilitando a vida. Entretanto, os gases-estufa (CO2, CH4, N2O, CFC, vapor d´água), estão aumentando de concentração por ações antrópicas (principalmente após a Revolução Industrial), aumentando o efeito estufa, ou seja, superaquecendo o planeta e causando o aquecimento global.

Causas: queima de combustíveis fósseis; o desmatamento; criação em massa de gado, liberando CH4 (metano); decomposição de matéria orgânica (em lixões por exemplo); etc. 

Consequências: Aquecimento desigual da superfície terrestre; mudanças climáticas imprevisíveis, acarretando em desastres ambientais (como furacões); derretimento das calotas polares e aumento do nível do mar; mudança nos biomas através da extinção de espécies da fauna e flora; branqueamento de corais; etc. 

3. Poluição

Todos os anos, esse é um tema que vale a pena ir sabendo, pois é muito debatido desde sempre, porém, esse ano, pautas como canudos e plásticos começaram a ser amplamente discutidos por causa de poluição dos mares, a morte de animais aquáticos por se alimentarem desses resíduos, etc. Também, muito se falou sobre lixo e suas consequências pra nossa vida. 

Como pode ser cobrado? A questão do lixo e a poluição de forma geral podem ser cobradas de várias formas. Tudo que você precisa saber foi abordado nessa outra matéria com uma analogia do filme Wall-E.

4. Agrotóxicos

Outro assunto que rendeu muito nesse ano foi sobre o uso em massa de agrotóxicos, considerando o Brasil como o país que mais utiliza-os.

Como pode ser cobrado? Além de questões sobre o risco a espécies como a abelha, também pode ser cobrado os danos que agrotóxicos podem causar ao ambiente – poluição do solo, água, ar e os prejuízos à saúde. Além disso, também vale dar uma conferida sobre a relação dos agrotóxicos com alimentos transgênicos (geneticamente modificados), que se tratam de alimentos como a soja por exemplo.

5. Amazônia

Não tinha como não incluir esse tema, já que é um dos mais falados há muito tempo e que esse ano veio com tudo. Dissecamos bem o assunto na matéria sobre as queimadas atuais na Amazônia!