A ação do ar no paraquedismo

Como a ação do ar impacta o uso de um paraquedas

570
Postado: 14 de abril, 2020
paraquedismo

Qual deve ser a sensação de estar cada vez mais próximo das nuvens? De certo modo, o paraquedismo se tornou popular entre os praticantes de esportes radicais não apenas pela adrenalina de pular de um ponto alto e aterrizar no chão, mas também pela perspectiva espacial que ele dá para aqueles que estão sobrevoando. Existem alguns fatores que explicam o motivo do paraquedas funcionar. Sendo assim, quais são eles?

Primeiramente, é importante ressaltar que a resistência do ar, também conhecida como arrasto, é a força oposta ao movimento de um objeto solido em um fluido. Como o ar é um fluido, os objetos que se movimentarem nele sofrerão arrasto, principalmente em queda livre que é o caso de paraquedistas.

O paraquedas, que fora esboçado por Leonardo da Vinci, mesmo tendo sido registrado bibliograficamente na China, é um dispositivo que visa diminuir a velocidade de queda. Atualmente, o paraquedismo é considerado um esporte radical, onde um grupo de pessoas saltam em queda livre de um avião e visam aterrizar em solo sem sofrer dano de queda.

paraquedismo

Mudando a perspectiva, supondo que uma pessoa pule em queda livre, nos primeiros instantes, a gravidade será maior que a resistência do ar, ou seja, a velocidade de queda da pessoa seria muito alta. No momento em que o paraquedas for acionado, a resistência do ar tornará-se maior e, gradativamente, a velocidade de queda será reduzida. Com a redução, a resistência do ar diminuirá, porém, até ficar com o mesmo valor que a gravidade, causando assim uma velocidade constante ao paraquedista.

O paraquedas foi uma das grandes invenções da humanidade, sendo aprimorado com o passar das décadas. Seu uso é muito comum em esportes radicais, base jumping e serviços militares, onde fora muito utilizado por diversos exércitos em períodos de conflito.

Gostou do texto? clique aqui para acessar mais conteúdos como este e inscreva-se em nosso canal!