100 anos de Nelson Mandela

1567

No dia 18 de julho, Nelson Rolihlahla Mandela completaria 100 anos de vida. Ativista dos Direitos Humanos e o primeiro presidente negro da África do Sul, Mandela se tornou um símbolo mundial e ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1993.

Seu governo na África do Sul durou 5 anos (1994-1999), mas antes disso, durante 20 anos, ele dirigiu uma campanha pacífica e sem o uso de armas contra o governo sul-africano e suas políticas racistas. Iniciando em 1962, Mandela foi condenado a 27 anos de prisão por delitos políticos. Depois de anos lutando de forma não-violenta, o ativista começou a acreditar que somente as forças armadas poderiam ajudar a ter sucesso em seus protestos para a mudança do governo africano.

Prisão

Em 1961, Mandela comandou uma greve nacional trabalhista que durou 3 dias. No ano seguinte, foi preso e sentenciado a 5 anos. Mais tarde, ele foi julgado novamente e dessa vez com mais 10 outros líderes do Congresso Nacional Africano (CNA). Todos foram condenados a prisão perpétua por crimes políticos. Ele passou 18 dos 27 anos na prisã de Robben Island, localizada a 11km da Cidade do Cabo, e acabou contraindo tuberculose. Por ser negro e estar envolvido em conflitos políticos, ele recebeu o mais simples dos tratamentos, mas mesmo assim sobreviveu à doença.

Ainda na prisão, participou de um programa da Universidade de Londres para jovens na prisão e se formou como bacharel em Direito. Em 11 de fevereiro de 1990, Mandela foi solto após algumas tentativas de acordo do atual presidente com o ativista. Um dos acordos era para que as lutas de Mandela cessassem, mas ele não aceitou. Os acordos começaram em 1982, porém, só tiveram fim 8 anos depois. Com a saída de Mandela da prisão, o CNA foi banido pelo governo africano.

Nelson Mandela em um de seus momentos na prisão.

Presidência

Em 27 de abril de 1994, a África do Sul realizou sua primeira eleição democrática. Nelson Mandela, com 77 anos, foi eleito o primeiro presidente negro em maio de 1994. Durante seu mandato, realizou um trabalho para promover a transição do regime minoritário e o apartheid* para o governo, que em sua maioria era negro. Ele usou o esporte para unir brancos e negros e conseguiu fazer com que o odiado time de rúgbi fosse apoiado pela população sul-africana. Esse acontecimento ficou marcado mundialmente e pode te ajudar falar sobre o papel do esporte na nossa sociedade. O cuidado com a economia africana, que estava a beira de um colapso, também fez parte do mandato de Mandela. Empregos, habitações e cuidados com a saúde foram gerados durante sua presidência.

Em 1996 foi assinada uma nova Constituição para a nação onde o governo central seria baseado no governo da maioria, e os direitos das minorias e a liberdade de expressão do povo seriam aceitos e colocados em prática.

*Apartheid foi uma política racial implantada na África do Sul em que os brancos, em sua minoria, tomavam decisões políticas, enquanto os negros apenas as acatavam.

Nelson Mandela recebendo o apoio do povo sul africano.

Mandela Day

Em 2009, o aniversário de Nelson Mandela foi declarado como “Mandela Day”, que segundo o Centro de Memória Nelson Mandela é um dia de inspiração para todos os cidadãos do mundo se encorajarem e agirem da mesma forma em que Mandela agiu. “O senhor Mandela deu 67 anos da vida dele lutando pelos direitos da humanidade. Tudo o que pedimos é que todo mundo dê 67 minutos de seu tempo ou oferecendo suporte de caridade ou servindo sua comunidade local”, aconselhou o Centro de Memória.

Nelson Mandela continua sendo inspiração para muitos ativistas sociais e políticos. 😉